inscreva-se

14 de jan de 2015

Sonhei com minha mãe

Olá meus amores, tudo bem
Para quem já me acompanha a tempo aqui no blog, sabe que minha mãe faleceu em 02 abril de 2011, mas para quem está entrando agora ou a algum tempo, quero contar que mame de fáfis era um doce, calma, amiga, verdadeira, se dava bem com todos, forte, mãe, avó, esposa, maravilhosa
Faz uma falta tremenda
Sinto falta do sorriso dela, que se Deus me abençoar e sei que ele me abençoa, nunca vai deixar eu esquecer daquele lindo sorriso que ela tinha
Faz muito tempo que eu não via ela em meus sonhos, mas essa noite sonhei com ela
Entrei numa casa e como sempre nunca é a minha, sei que moro nela, mas sempre é diferente, desta vez consigo lembrar de mais coisas
Por fora nem sei como é, mas sei que é casa de esquina, a entrada é pelos 2 lados
Entrando por um portão branco desses pequenos de grade, uma sala imensa, tipo casa antiga, antiga assim, casa de 40 anos, piso e azulejo igual ao que temos em casa (pelo menos era o da sala e da cozinha)...
Uma sala grande, bem grande....piso com desenhos e detalhes marrons, do lado direito um grande sofá de alvenaria com almofadas brancas e cremes, muitas revistas, é uma sala comprida e retangular...na frente mais fina um sofá cheio de revistas, tinha muita coisa lá, mas principalmente revistas
Do lado esquerdo, vi que na entrada da sala e bem no canto tinha uma escada com piso marrom claro (o mesmo que tenho em casa)... vi que essa escada dava para os quartos
É como  se eu estivesse indo lá para visitar alguem que eu não sabia quem era
Quartos que não entrei, mas vi que eram 2, uma porta próxima da outra, batentes pintados em marrom escuro, batentes de madeira, um estilo mais antigo, uma porta estava aberta, a outra não sei, mas vi
Um corredor em frente a essas portas dos quartos, mas o muro baixo porque consegui ver as portas
Em baixo desse muro um vão, uma parede porque era o andar de baixo, onde eu estava na sala...nela tinha uma TV imensa dessas que a gente vê só em sonho mesmo, porque são caríssimas....rssr....em baixo dessa TV da parede um rack baixo...cheio de coisas...
Do lado direito acho que era uma lavanderia...acho porque foi o que olhei na hora e foi o que senti naquele momento, mas não tive curiosidade de entrar porque estava a procura de alguem, mas me lembro de correr o olho e ver...uma portinha pequena demais que não dava em nada, até achei curioso, uma mini porta, mas passava um adulto e dava num mini comodo......mais a frente nesta mesma sala de TV que eu estava, do lado esquerdo, mas  ainda vi que seguindo do lado esquerdo para o direito tinha umas 3 portas...como se fossem salas. (confuso, mas é assim mesmo que olhei naquele momento)
Tinha mais gente na casa morando como se fosse minha família e mais pessoas que não conhecia, mas eu sentia que moravam lá, passavam por mim...mas não nos falavamos...
Desci uma escadinha de uns 3 degraus e atráz daquela parede da sala da TV que lá em cima eram os quartos, atraz dessa parede era a cozinha
Estreita, parece essas de apartamentos
Com um armário de cozinha em madeira, simples...parecia o gabinete da pia da minha antiga casa, lembro direitinho..
Uma mesa oval acho...clara...com muita revista de ler em cima
Uma cadeira giratória, marrom, antiga...
Em cima da mesa vaso com flor de plástico
Uma pia branquinha de mármore
E
Quem estava lá?

MINHA MÃE

Sorrindo, de avental, coitada na cozinha, mas vi o lindo sorriso dela
Antes de sentar na cadeira eu vi ela se sentando, estava com ela na cozinha, mas do lado esquerdo da rua, lado esquerdo da entrada da casa que dava saída para uma rua...por uma escadinha...onde da cozinha dava pra ver um muro marrom escuro
Mas voltando na cozinha, minha mãe estava com uma roupa clarinha, com o mesmo corte de cabelo, feliz e estava preparando alguma coisa que não dava pra ver o que era
Antes de me sentar falei pra ela que se ela acreditava que eu estava sonhando, que achava que era sonho e ela disse que sabia que era
Comentei com ela o fato de porque que nos mudamos para a casa atual que moro sendo que aquela casa que "era nossa antes" era tão linda e grande e  confortável...porque não ficamos nela?
Porque nos mudamos para a casa atual (na qual moro hoje)?
Ela me perguntou onde era e eu disse que era lá onde minha tia Dita (também falecida em 1999) era dona....(e olha que ela nunca morou aqui onde moro)
Minha mãe, deu um sorriso e se lembrou onde era, deu uma risada leve de felicidade e disse que sabia onde era
Disse que estava feliz e bem, eu senti isso, me sentei e ela me preparou um lanche, senti que era um hamburguer com pão de hamburguer, embrulhado num papel branco e ela colocou em cima de alguns livros, era para eu levar de lanche quando saísse
Conversamos pouco, mas eu sentia que ela e mais gente morava lá
Que eu só estava de passagem para ver alguem que não sabia quem era, mas que ao ve-la, senti que era ela a pessoa certa
Quando de repente, ouvi alguem me chamar
Ao virar vi uma senhora de cabelo branco, magra, meio curvada, deu um sorriso discreto, cabelo enroladinho, branco, um vestido simples e florido, sapatilha simples e confortável, no olhar dela, ela meio que pedindo licença para passar, porque tinha que dar a volta na mesa onde eu estava para pegar alguma coisa, mas no olhar dela sabia que ela também morava ali e que estava bem, me passava luz
Vi alguem me chamando e senti que era o filho dessa senhora
Quando olho...quem era?
O GERALDO LUIZ, aquele apresentador
Olhei de novo e vi que era ele mesmo e olha que faz muito tempo que não vejo nem propaganda com ele....dizer que vi alguma coisa na TV e sonhei com isso estaria mentindo, porque acho que não o vejo na TV a mais de 6 meses porque quase não vejo mais TV
Olhei de novo e ele me chamava alto....FATIMA...CADE VOCE....VEM AQUI...ISSO É PARA VOCÊ....(senti que ele também via as pessoas que eu via)
Ele vestido com uma calça acho que meio acizentada....uma camisa social no estilo dele azul escuro, mas não tão escuro onde tinha listras de 3 dedos de largura, um tom mais azul escurão e outra um tom mais escuro e um sapato preto....estava com um jornal na mão dizendo que era para eu ler...ir até ele e pegar
Me levantei da cadeira...pedi licença apenas com um olhar para a mãe dele sorrindo e fui ao encontro dele
Aí acordei com meu despertador do celular gritando...hora de trabalhar e vi que tudo isso que tinha passado era sonho
-------------------------------
Não sei a ligação disso, de ver o Geraldo...sua mãe que nem sei como é, mas no sonho sabia que era a mãe dele, e que tanto ela como minha mãe e como muitos que senti que estavam ali, estão bem...estão em paz
Acordei e ca estou eu no trabalho digitando isso tudo para não esquecer tão logo
Acham que chorei?
Muito...
De saudades dela e de saber que ela está bem, que ela está numa casa boa, com pessoas boas
Há e me lembro que a casa estava em construção
Contei tudo aqui para desabafar e contar o momento de luz que eu tive nesse sonho
Senti uma paz, um carinnho, uma saudade
-------------------
Beijocas amores